marcas

 

Porque o sol

Nasceu dodói?

 

Logo agora

Num tempo de frio

E brancuras de inverno

 

Tudo parecia perfeito

Ao vento gélido

Que acarinhava

Meu pescoço pálido

Em seu cachecol

 

Será que percebeu, o sol,

Por sob a lã leve

O meu corpo trêmulo

Machucado de batom?

matemática

 

No quadrado

Um vértice salta

De canto em canto

Balançando como trapezista

Um sorriso de noventa graus

 

Sua vida definitivamente

Não mais se resume

A quatro linhas

Daí o motivo de

Seus traços alegres

 

O início se deu

Quando a esfera

Num leve aceno

De perímetros

Abriu-lhe em leque, a área.

 

E nunca mais se permitiu

A engorda acostumada

De um quadrado

Elevado ao cubo

[ ver mensagens anteriores ]
UOL

Visitante número: